Festa de Aniversário divertida, bonita e barata!

Esses dias eu tentava explicar para a mãe de um coleguinha do Gi como era uma festa de aniversário no Brasil. Escuta só: tem vó, vô, tio, vizinhos, cachorros, passarinho, amigos, amigos dos amigos, primos, tio de terceiro grau, todo mundo é bem vindo e sempre cabe mais um. Comida? Não falta! 10 tipos de salgadinhos, cachorro quente, maionese de legumes, Cap Cake, cascata de chocolate, pipoca, às vezes rola um churrasquinho, bolo, brigadeiro, beijinho, gelatina, sorvete, … a lista é grande e quanto mais “Cake”, mais “Pops” fica, 😉 ! Lembrancinhas, aluguel de brinquedos, de recreadores, de mesinhas e a decoração? Nossa! Não pode faltar por nada nesse mundo. Quem nunca pendurou na parede enfeites da Barbie, Hot Wheels, Mickey, Backyardigans, Peppa Pig não conhece a aventura (e o cansaço) de montar um evento desses em casa!

Sempre fiz isso, gostava de preparar tudo. Aprendi com minha mãe que ficava dias preparando a minha festa de aniversário e a da minha irmã. Então, de uns 15 ou 20 anos para cá (nossa tudo isso?! aff) os buffets apareceram e em troca de um saco grande de dinheiro prepararam tudo isso para nós, e a gente vai lá, curte e vai embora, sem ficar com a pior parte da festa que é arrumação, desmontagem de toda alegoria rsrs, e limpeza!

No final, as festinhas de aniversários no Brasil acabam assim: fotos lindas, criançada feliz, e dinheirinho (vários) voando da nossa carteira para nunca mais voltar.

É legal? Sim! É divertido? Sim! Todo mundo gosta? Sim! Mas viver aqui na Alemanha me fez repensar alguns valores (monetários inclusive) e mudar um pouco meus conceitos sobre festa de aniversário infantil e diversão.

A primeira festa de aniversário que fiz aqui na Alemanha eu nunca mais esquecerei. Foi logo que chegamos, tudo novo e a Melina completando 3 aninhos. Como sempre fazia no Brasil, preparei os convitinhos e levei para toda a classe, principalmente porque eles eram apenas 12 crianças. Para meu espanto, ou melhor para o espanto da professora, ela falou: “12 convites? Tem certeza?” E eu disse: “Sim, claro, estou esquecendo de mais alguém?

Depois fui atrás de comprar a decoração e cadê? Não achei! Encontrei apenas alguns pratos e copos de piratas, guardanapos de cavalos com flores na cabeça, sacos para lembrancinhas, algumas velas e bexigas. Depois, procurei na lista telefônica e na internet algo sobre recreação para festas e não havia nada, apenas um mágico há umas três cidades depois da minha. Foi então que a ficha começou a cair.

Bem, então fiz um bolo, brigadeiro, comes e bebes e esperamos pelos coleguinhas. Pontualmente estavam lá, os pais (todos) me perguntavam se não era muita criança e qual o horário que terminava a festa pois não estava escrito no convite. Foi então que descobri que festa de aniversário aqui dura no máximo 3 horas e que devemos convidar em média uma criança por cada ano do aniversariante! Aprendi que cachorro quente, bolo e uma bacia com pipino, pimentão e cenoura fazem a alegria das crianças. Bebidas: suco e água já está ótimo, ofereci coca cola para um coleguinha na última festinha do Gi e ouvi que coca não é saudável porque tem muita cafeína.

Na primeira festinha que fizemos aqui na Alemanha ficamos totalmente perdidos e foi aí que descobrimos que festa divertida é festa com atividades. Quais? O Gi, a semana passada por exemplo, foi em uma e eles fizeram um caça ao tesouro ao redor da casa, também confeccionaram um colar de pedra e fabricaram uma espécie de pipa.

Nós, depois de termos aprendido como funcionam as festas por aqui, já fizemos inúmeras atividades com a criançada: gincanas com bexiga, festa à fantasia, pintura de camisetas, bingo, campeonato de soletrar, futebol de botão, teve uma vez que fizemos junto com as crianças o próprio bolo do aniversário.

No final, as festinhas de aniversários na Alemanha acabam assim: fotos lindas, criançada feliz, orgulhosas de terem feito sozinhas muitas coisas e com um orçamento baixo, afinal, economizar dinheiro já é o maior presentão.

A lição que aprendi disso tudo é que nossas crianças vão gostar de tudo o que fizermos. Claro que se levarmos as crianças alemãs para os nossos buffets, por exemplo, elas vão amar. O contrário também é verdadeiro. Preparem uma festa para as crianças sem muito “luxo”, sem muitas “frescurinhas”, mas com atividades interessantes e verão como eles se divertirão igualmente.

Muitas vezes me peguei pensando aqui ao planejar a festa de aniversário dos meus filhos: “a não, não precisa disso tudo, só terão crianças na festa”. Então me pergunto: eu preparava toda aquela festança antes pensando nas crianças ou nos adultos? Quem é que gostava mais da decoração, eles ou eu?

Ás vezes me questiono sobre o consumismo exacerbado, o exagero e o modismo e vejo que uma festa de aniversário pode ser uma grande oportunidade e um grande momento para rompermos com esses novos (mas nem tanto) paradigmas.

Você também pode gostar de ler:

Organizando festa de aniversario infantil – Roteiro completo.

Anúncios

2 comentários sobre “Festa de Aniversário divertida, bonita e barata!

  1. Olá, gostei muito de suas dicas. Pode parecer estranho, mas estava procurando ajuda para a festa de aniversário do meu marido. Minhas meninas já estão grandes e eu perdi a prática mas encontrei o que precisava aqui.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s