4

Como transformar um beliche em uma casinha para brincar – passo a passo.

Não apareço por aqui faz um tempinho. Entre reparos e repousos, afinal o mais novo integrante da família chegará em breve, separei algumas fotos para mostrar o passo a passo da nossa mais nova transformação aqui em casa: o beliche velho virou casinha de madeira! Vejam só:

O beliche era assim: mydal-etagenbettgestell__0334536_PH121926_S4 (2)

Então tiramos o estrado da cama debaixo (guardamos para reutilizar) e mantivémos uma base para fixar a escadinha deixando-a mais firme:

20150528_085144 (2)

Pegamos cada faixinha de madeira do próprio estrado e construímos a parede, deixando um espaço para a janelinha:

IMG-20150611-WA0001

Como não usaríamos colchão, improvisamos um chão para o andar superior (olhem que chiqueza! rsrsrs) e pegamos um restinho de piso que sobrou da minha última invenção e fomos construindo:

IMG-20150611-WA0011

 Depois pintamos de branco e para finalizar costuramos um teto com tecido. Pregamos o tecido na parede e na estrutura da madeira para formar um teto caído (como um toldo) :20150601_091025 

Se a criançada adorou? Eles amaram o resultado (mas parece que meu mocinho ali na janela não queria sair na Foto! rsrsrs 🙂

11351164_886486491446868_8695869118187802636_n

Gostaram? Eu amei!  Um obrigada especial para o marido, irmã e criançada que puseram a mão na massa! E outro obrigada à vocês por visitarem o blog 🙂

Não deixem de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades!

facebook.com/asupermammy

asupermammy.com

Anúncios
0

As 10 poesias mais lindas sobre “Mães”! ♡

Você já parurlou para pensar que se tem alguma coisa no mundo que ninguém dúvida é do amor que uma mãe sente pelo seu filho? Que de 1000 pessoas, 1001 dirá que uma mãe deveria ser eterna? Que não há carinho mais sincero, desejos mais profundos e nem renúncia maior contidos no interior de um coração materno? Algo de mágico acontece quando uma mulher se torna mãe. E essa magia não pode ser explicada, apenas sentida!

O blog da Super Mammy gostaria de homenagear todas as mamães do mundo, especialmente vocês, queridas amigas e leitoras. Para isso selecionou as 10 poesias mais lindas que revelam as maravilhas desse ser abençoado, desse anjo disfarçado chamado: Mãe.

1. Para Sempre, de Carlos Drummond de Andrade
“Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
– mistério profundo –
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.”

2. Mãe, de Mario Quintana
MÃE…
São três letras apenas,
As desse nome bendito:
Três letrinhas, nada mais…
E nelas cabe o infinito
E palavra tão pequena-confessam mesmo os ateus-
És do tamanho do céu
E apenas menor do que Deus!

3. escrito por Rui Barbosa
“Se um dia, já homem feito e realizado, sentires que a terra cede a teus pés, que tuas obras desmoronam, que não há ninguém à tua volta para te estender a mão, esquece a tua maturidade, passa pela tua mocidade, volta à tua infância e balbucia, entre lágrimas e esperanças, as últimas palavras que sempre te restarão na alma: minha mãe, meu pai.”

4. de Khalil Gibran (minha preferida e inspiradora poesia!)
“Teus filhos não são teus filhos
São filhos e filhas da vida, anelando por si própria
Vem através de ti, mas não de ti E embora estejam contigo, a ti não pertencem.
Podes dar-lhes amor mas não teus pensamentos,Pois que eles tem seus pensamentos próprios.
Podes abrigar seus corpos, mas não suas almas Pois que suas almas residem na casa do amanhã, Que não podes visitar se quer em sonhos. Podes esforçar-te por te parecer com eles, mas não procureis fazei-los semelhante a ti, Pois a vida não recua, não se retarda no ontem.
Tú és o arco do qual teus filhos, como flechas vivas, são disparados… Que a tua inclinação na mão do Arqueiro seja para alegria.”

5. Mãe, de Cora Coralina
Renovadora e reveladora do mundo
A humanidade se renova no teu ventre.
Cria teus filhos,
não os entregues à creche.
Creche é fria, impessoal.
Nunca será um lar
para teu filho.
Ele, pequenino, precisa de ti.
Não o desligues da tua força maternal.
Que pretendes, mulher?
Independência, igualdade de condições…
Empregos fora do lar?
És superior àqueles
que procuras imitar.
Tens o dom divino
de ser mãe
Em ti está presente a humanidade.
Mulher, não te deixes castrar.
Serás um animal somente de prazer
e às vezes nem mais isso.
Frígida, bloqueada, teu orgulho te faz calar.
Tumultuada, fingindo ser o que não és.
Roendo o teu osso negro da amargura.”

imagem1

6. Poema à Mãe, de Eugènio de Andrade
“No mais fundo de ti,
eu sei que traí, mãe
Tudo porque já não sou
o retrato adormecido
no fundo dos teus olhos.
Tudo porque tu ignoras
que há leitos onde o frio não se demora
e noites rumorosas de águas matinais.
Por isso, às vezes, as palavras que te digo
são duras, mãe,
e o nosso amor é infeliz.
Tudo porque perdi as rosas brancas
que apertava junto ao coração
no retrato da moldura.
Se soubesses como ainda amo as rosas,
talvez não enchesses as horas de pesadelos.
Mas tu esqueceste muita coisa;
esqueceste que as minhas pernas cresceram,
que todo o meu corpo cresceu,
e até o meu coração
ficou enorme, mãe!
Olha — queres ouvir-me? —
às vezes ainda sou o menino
que adormeceu nos teus olhos;
ainda aperto contra o coração
rosas tão brancas
como as que tens na moldura;
ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa           no meio de um laranjal…
Mas — tu sabes — a noite é enorme,
e todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura,
dei às aves os meus olhos a beber,
Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo-te as rosas.
Boa noite. Eu vou com as aves. ”

7.Pequeno Poema, de Sebastião da Gama
“Quando eu nasci,
ficou tudo como estava.
Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve estrelas a mais…
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.
Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.
As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém…
Pra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe…”

8. Mater, de Olavo Bilac
“Tu, grande Mãe!… do amor de teus filhos escrava,
Para teus filhos és, no caminho da vida,
Como a faixa de luz que o povo hebreu guiava
À longe Terra Prometida.
Jorra de teu olhar um rio luminoso.
Pois, para batizar essas almas em flor,
Deixas cascatear desse olhar carinhoso
Todo o Jordão do teu amor.
E espalham tanto brilho as asas infinitas
Que expandes sobre os teus, carinhosas e belas,
Que o seu grande dano sobe, quando as agitas,
E vai perder-se entre as estrelas.
E eles, pelos degraus da luz ampla e sagrada,
Fogem da humana dor, fogem do humano pé,
E, à procura de Deus, vão subindo essa escada,
Que é como a escada de Jacó.”

9.Poema à Mãe Angolana, de Eugénia Neto
“Avança Mãe Angolana
E dá o melhor de ti própria
Nesta luta de vida ou de morte
Avança pelos rios perigosos
Pelos pântanos lodosos
Pela savanas sem fim
Avança pelo incomensurável horror da guerra
Entre a chuva de bombas que ilumina a terra
Mas avança porque é necessário
Avança com teus braços feitos asas
Abertas sobre o solo pátrio
Para proteger os teus filhos
Não te detenhas nos gemidos do vento
Não prendas à forma das flores
Sublima o amor neste momento
Avança Mãe Angolana
Que a tua coragem fará vacilar os soldados
Os soldados que já foram meninos
Os soldados
A que o fascismo tolheu a vontade
E que caminham sobre os cadáveres das crianças
Com risos sarcásticos de vingança…
Avança Mãe Angolana
Na terra ensopada de sangue
Dor e lágrimas
Causadas pela guerra
Que ela florescera
Sustentada pelo teu querer
E terás para os teus filhos
O sol aberto nas pétalas
E a serenidade dos heróis
Depois de ganha a batalha.”

10. Minha Mãe, do grupo Turma do Balão Mágico.
“Hoje é um dia tão especial
Pra você
Que não dá pra esquecer
Em vez de comemorar eu queria te agradecer
Por tudo o que me fez
Você me viu nascer, crescer e andar
E a cada passo meu cuidava de mim
Me ensinou tudo o que eu sei
E muito mais
E agora é hora de dizer o que aprendi
Minha mãe
O que passou por mim ninguém vai passar
Minha mãe
Eu sei o que sofreu por mim sem reclamar
Você daria a vida por mim
Só pra me defender
Faria qualquer coisa por mim sem se arrepender
Esse é o dom de amar que Deus te deu
Minha mãe
Valeu pelo carinho e atenção
Minha mãe
Valeu do fundo do meu coração
Pra você o seu maior presente fui eu
Então saiba que pra mim nós somos iguais
Pois você é o melhor dos presentes que Deus me deu”.

image_largeTodas as imagens desse post são quadros da pintora alemã que tanto gosto: Paula Modersohn-Becker. Ela viveu entre 1876 e 1907, cresceu em Bremen (uma cidade aqui perto da minha) e se tornou uma das representantes mais precoces do movimento expressionista. Hoje é considerada a pintora da maternidade! 

url2

Um ótimo dia das mães para todas nós,

Com todo o carinho do blog para você!

asupermammy.com

facebook.com/asupermmay

0

Como organizar os desenhos das crianças?

Que criança não ama pintar? Desde pequenos começam a fazê-los e logo os desenhos abrem caminhos para as crianças aprenderem, explorarem, se expressarem e se desenvolverem.

“Muitas coisas que a criança nunca poderá dizer com palavras é possível que as diga por meio do desenho”. Rhoda Kellogg (1984)

As crianças pintam por que gostam de brincar com as cores, linhas, formas e texturas e fazem isso, cada qual à sua maneira, de forma autônoma, demonstrando um domínio grande sobre aquilo que produz, dentro de sua fase e suas habilidades. Para saber um pouquinho mais sobre o tema, você pode gostar de ler “Desenhos de criança: fases e interpretações”.

Mas como organizar essas obras de arte que a cada dia se amontoam sobre nossa escrivaninha? Que mãe nunca se viu diante aquele grande dilema: jogar fora ou não os desenhos? Sei que sou boba, mas a cada desenho que jogava fora dava um aperto no coração. Então resolvi dar un jeito nisso e organizei os desenhos em fichários.

Fotor1104110241

img_0709A ideia de utilizar os FICHÁRIOS como forma de organizar e guardar os desenhos é simples e barata. Compramos um para cada um e o furador passou a ficar na altura deles. A cada desenho que fazem, furam sozinhos, colocam no fichário e guardam na prateleira de livros.

Vire e mexe abro os fichários e dou uma espiadinha. Adoro ver a criatividade florando e o desenvolvimento deles.

Ensinei a colocarem a data, para transformar em uma bonita recordação quando crescerem. Vamos img_0708viver o hoje e celebrar o passado através desses bons momentos que guardamos para recordar um dia. Esses pequenos crescem tão rápido ou, pelo menos, rápido demais para o coração de uma mãe!

Beijos para todas,

asupermammy.com

facebook.com/asupermammy

0

A febre do Rainbow Loom!

Rainbow Loom: a mais nova sensação entre as crianças e adultos criativos! É um kit para fazer pulseiras de plástico, composto por elásticos, fechos, uma espécie de agulha de crochê e uma plataforma onde se cria os modelos.

O legal é que não é difícil de fazer os seus primeiros objetos e com a prática dá para inventar muita coisa bacana!! Os meus filhos adoram e eu também estou entrando na onda. O que você precisa? De um kit inicial, muitos elastiquinhos, além de um espaço (como uma mesa) para manusear as pecinhas e organizadores para guardar em ordem e longe dos bebês da casa!!

Fotor090391420

Onde comprar? Aqui na lojinha da Super Mammy você encontra o kit inicial e também os acessórios e complementos. É só clicar na nossa lojinha .

Com o kit Rainbow Loom você pode fazer pulseiras simples:

Fotor090384621

Pulseiras mais chiques:

Fotor090385129

Trocar a pulseira do seu relógio velho:

mickey-mouse-watch-rainbow-loomApoiadores para lápis:

hqdefault

Se aquecer no inverno:

Fotor090390253

Enfeitar os pés:

rainbow-loom-footware

Minions:

minion-rainbow-loom-bracelet-2Capa para o seu celular:

50063fabe3a763666e20d5562a5e47faBolsas e chinelos:

Fotor090390729

Roupas, por quê não?

Fotor09039090

O Darth Vader ou uma Bailarina para presentear amigos:

Fotor090394225

Sapatos e Biquinis:

Fotor090394117

Ou um Batman:

d9c91512855982a255c615f8c6d8f291

Simples? Nem tanto. Mas existem milhares de vídeos e tutoriais no you tube que ensinam passo a passo como montar esses encantadores badulaques. Pegue seu kit Rainbow Lomm e … mãos à obra!

 asupermammy.com

facebook.com/asupermammy

2

Penteados para as mamães arrasarem até o fim da festa!

Penteados para as mamães arrasarem até o fim da festa? Hã? Como assim?

Esses dias fui a um aniversário e deixei meu cabelo bem bonito, solto e penteado. A festa estava ótima, as crianças se divertiram, conversei com os amigos, brinquei com as crianças, comida saborosa, tudo nota mil!

Quando vi as fotos no dia seguinte, quase caí do sofá. Eu estava totalmente descabelada! Também, ficar arrumada do início ao fim de uma festa não é lá uma missão tão simples para uma mãe de três!

Retocar o batom? Não dá. Até porque muitas vezes vou para a festa sem bolsa mesmo. Mala do bebê, carrinho, máquina fotográfica. Muita coisa para levar e sempre esqueço do batom. Menos quando saio com minha super mochila, vejam em “O que não pode faltar na bolsa da mãe”.

Passar no banheiro, olhar no espelho e ajeitar o penteado? Geralmente estou com um bebê no colo e uma fralda do outro lado. Até vejo que estou desarrumada, mas precisaria de uma terceira mão para conseguir dar uma ajeitadinha no visual!

Durante a festa é aquela agitação. Abaixa aqui, levanta ali, segura um, dá comida para outro e o cabelo armando… Então pensei comigo: Festa de cabelo solto? Agora só vou quando eu tiver uma babá ou quando eles crescerem um pouquinho mais.

Como os sapatos de salto alto já estão pegando pó aqui em casa, não posso relaxar mais! Então separei uns penteados fáceis, bonitos e PRESOS para poder usar e ficar bem na foto até o fim da festa!

O que acham desses aqui?

Eu gostei. Mas sou péssima quando o assunto é penteado e maquiagem. Não faço direito em mim e nem em ninguém. Pode ser que o resultado saia pior do que se eu fosse com o cabelo solto mesmo. Aí eu seria descabelada do início ao fim.

Este post teria sido encerrado no parágrafo acima, se não fosse a sabedoria infantil. Eis que minha filha apareceu aqui na sala e conversa vai, conversa vem, acabei mostrando as fotos dos penteados para ela e expliquei um pouquinho sobre este post. Ela disse que sou sempre linda (ai como a gente se derrete, né? Mesmo sabendo que é mentira!) e ainda disse que poderia me ajudar.

Então combinados assim: toda vez que eu estiver despenteada ela vem me arrumar. Mas se esse negócio de arruma aqui penteia ali ficar chato, nós vamos apenas nos divertir, nos esbaldar até ficarmos mais e mais descabeladas, desarrumadas e pingando.

E não é que ela está certa?!

Afinal de contas que graça tem chupar sorvete sem toda aquela meleca? O que seria da manga sem aquele sorriso bonito cheio de fiapos? Mais vale uma roupa suja de tanto brincar, do que limpinha e passada guardada na gaveta.

A infância voa e eu quero voar com eles.

Beijinhos e até a próxima!

 

0

Dicas para alegrar ainda mais a Páscoa da criançada!

Olá mamães, amanha é Páscoa!! Tempo de alegria e renovação da vida. Para os cristãos, uma data especial, pois Jesus sacrificado, “amanhã” ressuscitará para toda a eternidade. Por isso na páscoa comemoramos a vida.

E para deixar este dia ainda mais alegre, recebi algumas dicas para fazer com as crianças que vocês vão adorar, querem ver? …


Texto e Receitas: Camila Giannoni, colaboradora do Blog A Super Mammy.

Oi pessoal, tudo bem? Pois é, a Páscoa está chegando e com ela vivemos momentos de reflexão, amor, perdão, muita oração e paz!! Mas sabemos também que nesse período é inevitável não lembrarmos do nosso simpático coelhinho da páscoa e dos deliciosos chocolates que ele nos traz, não é mesmo?

Por isso, este é o momento ideal para deixar a criatividade rolar e fazer a festa com a turma! Podemos organizar gincanas para encontrar o ovo, enfeitar comidinhas, fazer desenhos coloridos, decorar nossa casa para esse dia tão especial que é a Páscoa. E o melhor, com a ajuda dos nossos filhos!

Separei 5 dicas fáceis de fazer e tenho certeza de que as crianças vão adorar participar, vejam só:

1. “Cenourinha” feita de morango e chocolate: Separe os morangos, que devem ser lavados bem. Derreta no banho-maria o chocolate branco (cerca 250gr para uma caixa de morango). Depois de derretido chegou a hora de colorir o chocolate (as crianças adoram fazer isso!), você pode usar corante alimentar laranja, ou se não tiver basta misturar as cores vermelho e amarelo. P.S. pode ser qualquer tipo de corante alimentar, liquido, em pó, etc. Em seguida basta banhar os morangos no chocolate, cobrindo toda a sua superfície e deixar secar. O resultado é muito saboroso!

2. Garfinhos que parecem cenoura: Você vai precisar de: guardanapo laranja e talheres descartáveis verde. Basta enrolar o guardanapo envolta dos talheres, deixando uma parte à vista.Quando estiverem prontos você pode colocá-los numa cestinha, vão parecer cenouras que acabaram de ser colhidas! Fotor04192316353. Ovos coloridos: Vamos precisar de ovos e de tinta! O importante é furar delicadamente o ovo esvaziando-o completamente e higienizá-lo antes de entregá-los para as nossas crianças. Lembrando que o ovo pode ser aproveitado para alguma receita, assim não ocorrerá nenhum desperdiço. O próximo passo é deixar a imaginação dos baixinhos rolar. O resultado é bem divertido e alegre, podemos enfeitar nossa casa colocando os ovinhos já coloridos dentro de algum vaso por exemplo! 4. Sucos de coelhinhos: Vamos precisar de caixinhas de sucos ou de leitinho, papel branco, canetinhas ou lápis de cor, cola e tesoura, de preferência sem ponta. O primeiro passo é medir o tamanho da caixinha de suco, para poder cortar o papel do tamanho correto. Em seguida, iremos fazer o molde das orelhinhas do coelho e cortá-las. Depois de cortadas podemos encapar nossa caixinha de suco e colar as orelhinhas. Então é só pintar o rostinho do nosso simpático coelhinho!!! 5. Envelopes recheados: Material necessário: Envelopes brancos, papel branco, canetinhas ou lápis de cor, cola, tesoura sem ponta e balas/chocolatinhos para rechear os envelopes. No papel branco desenhamos o molde das orelhinhas, em seguida cortamos e colamos na parte de trás do envelope. Na parte da frente desenhamos o rostinho do nosso coelho. Depois de pronto podemos rechear o envelope com as guloseimas que preferimos. Essa é uma ideia muito rápida, prática de fazer e muito barata.

Seus filhos podem presentear seus amiguinhos, vovôs e vovóss ou priminhos com algo feito por eles mesmos, com certeza vão se sentir orgulhosos disso!!

O que vocês acharam? Eu com certeza irei fazer em casa com a criançada, pois é sempre bom estimular a criatividade deles. Um grande abraço e boa páscoa a todas as famílias!!!


Mamães, espero que tenham gostado, eu achei muito interessante e já até fizémos algumas dessas dicas hoje aqui em casa. Uma ótima Páscoa para todas vocês e para seus familiares. Um super beijo 💋 asupermammy.com

0

Eba! A nossa festinha de Carnaval foi muiiito legal!

Quem disse que carnaval no frio é chato? Aqui em casa, a alegria esquentou os nossos pequenos foliões e deu um chega para lá no inverno gelado da Alemanha!

Fotor030603116

Preparamos uma matinê, afinal é tempo de carnaval! e foi bem interessante e divertido. Tudo bem que eu tive a ideia maravilhosa de dar para a criançada 3 sacos de confetes, o que rendeu muito trabalho para deixar tudo em ordem depois. Mas valeu! (Mesmo sabendo que vou encontrar confete pelos próximos meses em algum cantinho da casa).

Alemão é super, hiper, mega, pontual e 10:03 da manhã (a festinha foi das 10 ao meio dia) todas as crianças já estavam aqui. Então demos inicio às atividades. O que fizemos?

Desfile de fantasias

Logo que chegaram, fizemos uma roda e cada criança foi falando do que veio fantasiada, quem pensou na fantasia, se fizeram ou se compraram, etc… Também, podiam cantar, dançar, imitar um personagem, ou fazer um som. Gastamos uns 15 minutos nessa atividade.

Estátua

Depois, ligamos o som e dançamos à beça! Comprei um CD de músicas de carnavais alemãs e misturei com as músicas brasileiras, foi muito legal. Brincamos de estátua – aqui as crianças chamam essa brincadeira de Stop-Music.

Guerrinha de confetes

Com certeza a hora mais divertida da festa, é muito gostoso jogar confete para o alto. Principalmente sabendo que não precisa limpar – o que não era o meu caso, então reduz aí a minha alegria rsrs

Recriando o modelito

Pegamos a caixa de fantasias e acessórios lá do quarto de brincar e cada criança podia pegar o que quisesse para mudar a cara e o estilo da sua fantasia. Então, depois dessa transformação, estavam presentes na minha sala o “Darth Vader ciclista”, a “Índia chic indo às compras”, o “Mexicano loiro”, o “bebê macaco Chaplin”, o “jogador do Bayer ninja”, o “pirata só pirata mesmo”, o outro “Darth Vader cavalheiro da Contrada da Torre”, a “princesinha de guarda-chuva”, o “Crocodilo arqueiro” e eu, “fantasiada” de “mãe louca que chamou 10 crianças para bagunçar a la vonté seu apartamento”!

Pintura

As crianças aqui amam colorir, então toda festinha tem que ter tinta, telas de pintura ou papel, lápis e canetinhas. Foi legal e montamos um painel com todos os desenhos. Juro que a primeira coisa que um dos convidados (de 7 anos!!!!) fez no papel foi escrever funções matemáticas. Assustei geral! rsrsrs

Café da manhãFotor030610112

Depois da farra dos “AmendoBobos” (assistimos ontem ao filme do Bob esponja pela milésima vez, e rimos como se fosse a primeira, como sempre!) a criançada estava com fome e sede. Então, fizemos um café da manhã com espetinhos de frutas, palitos de queijo com tomate e só de queijo, lanchinhos com geleia de morango, outros com requeijão e queijo, suco… Deu tudo certo!

Brincadeira livre

Quando já era umas 11:40 deixamos as crianças livres para brincar no quarto de brinquedos ou na sala mesmo, juntando os confetes do chão e jogando tudo de novo para cima!!!! Fotor030605423

Os alemães, no geral, são muito gentis e prestativos. Só encontro gente adorável em nossos caminhos e agradeço muito. Afinal, morar num país longe da família e amigos não é uma tarefa simples. Todas as crianças trouxeram alguma coisa sem nós pedirmos: ganhamos flores, caixa de merengue, caixa de chocolate, um saquinho com conchas e pedrinhas, revistinhas para ler…

Meio dia os pais estavam pontualmente aqui em casa, maravilhados com nossa festança e espantados com a quantidade de confetes pelo chão rsrsrs

Avaliando a festinha, de 0 a 10, dou a nota 1000!!! Valeu muito, uma lembrança inesquecível para os meus filhos e para o papai, animador oficial da festa, que ficou assim depois da criançada ir embora: img_5478